quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O Desafio da Tentação




O hábitos podem ser muito úteis.
Mas os maus hábitos podem ser difíceis de reverter...





                               Será que o etíope pode mudar a sua pele? Ou o Leopardo as suas pintas? Assim também vocês são incapazes de fazer o bem, vocês que estão ACOSTUMADOS a praticar o mal. 
( Jeremias 13:23)

Um atleta treina habitualmente suas jogadas no campo quantas vezes forem necessárias até que seja capaz de colocá-las em prática sem pensar muito na hora do jogo.
Um mau hábito pode ser difícil reverter. Lon Chaney Sr, fez o papel principal no filme clássico O Corcunda de Notre Dame. Ele tinha que se prender com correias para parecer um verdadeiro corcunda. Mas à medida que os dias de filmagem foram se estendendo e transformando em semanas Chaney descobriu que, quanto mais tempo ele ficava inclinado, mas tempo demorava para ele ficar ereto depois de um dia de trabalho. 
O corpo dele estava se acostumando a ficar curvado.
Se vivemos uma vida moralmente torta por muito tempo, torna-se cada dia mais difícil endireitá-la.
Os psicólogos dizem que temos a tendência de nos tornar resultado daquilo que pensamos. Se o nosso pensamento está concentrado o tempo todo em dinheiro, nós nos tornamos materialistas. Se pensamos o tempo todo em sexo, podemos nos envolver com pornografia e até desenvolver uma compulsão sexual. Se a única coisa que passa por nossa mente é o trabalho, podemos negligenciar a família.
Um vício pode ser classificado desta maneira: qualquer substância, experiência ou pessoa que altera nosso humor e nos proporciona um senso artificial de autossuficiência e organização, fazendo com que sintamos uma fome profunda que nada pode satisfazer.

Mas será que você se considera um viciado? A primeira iniciativa é reconhecer o problema e fazer alguma coisa para resolver esta dificuldade. Se confessarmos os nossos pecados e nos arrependermos de fato por tê-los cometido, Deus nos perdoará e nos recolocará no caminho certo.


Jesus foi tentado no deserto Mt 4(1:11). Ele se sentiu cansado, só e faminto, depois de ter jejuado por 40 dias, mas escolheu não usar seu poder divino para satisfazer seu desejo por comida. O momento era errado. Jesus estava no deserto para jejuar e não para uma refeição. Ele não pecou.  De forma muito iluminada o Pr. Jorge Linhares pregou que devemos ter cuidado com nossas carências, fantasias e até mesmo com nossos pontos fortes, aonde estamos mais propensos ao orgulho. As nossas necessidades e desejos precisam ser colocadas diante de Deus. Muitos dos nossos desejos são normais e bons, mas Deus quer nos dar a satisfação da maneira certa e no momento certo.

O diabo sabe do que precisamos. Sabe o que você tem escutado, visto na Internet, em Tv, sabe das suas conversas e irá colocar banquetes á sua disposição.

Amados, temos de encontrar maneiras de evitar as tentações que podem durar uma vida inteira e acabam se  tornando pecados de estimação.

Amigos Cristãos podem representar uma ajuda inestimável no sentido de apontar os nossos problemas antes que seja tarde demais. Como diz em Provérbios 27:5 "melhor é a repreensão feita abertamente do que o amor oculto". Eles nos auxiliam a quebrar as correntes que nos prendem os maus hábitos. Também podem nos ajudar a resistir ás tentações que são como uma espécie de bloqueio no meio da estrada, desviando nossos desejos mais positivos, até mesmo o desejo por Deus, para uma trilha escura e distante dos caminhos do Senhor.
Todos nós fazemos ou dizemos coisas que não glorificam ao Senhor.
Façamos todos nós uma reflexão.
A Palavra de Deus nos dá o exemplo de como Jesus venceu a tentação. Ele não cedeu. 
Quando você se sentir tentado recorra a Ele, peça-lhe forças. Declare a Palavra de Deus, profetize as bênçãos do Senhor sobre sua casa, seu casamento, seus filhos, seus negócios. Clame, busque, reconheça que sozinho está perdido e precisa de direção..
Ele com Sua Infinita Graça e Misericórdia irá ao seu encontro e te dará a libertação que precisa para viver uma vida plena e abundante na Presença maravilhosa do Senhor.
Termino com a frase de um pastor do século XIX, Yoder:
"A melhor maneira de quebrar um mau hábito é deixando-o cair".
Um grande abraço.

Andréa Moraes.





8 comentários:

Herculano Mota disse...

Texto maravilhoso uma lição para evitarmos os nossos vícios ruins.

Eneas Lara Lara disse...

Oi Andreia tudo bem? estou te visitando e gostei do seu blog, e também das suas mensagens, que Deus te abençoe grandemente este teu trabalhar aqui, em nome de Jesus!!!!
http://eneaslara.blogspot.com/

Walter Filho disse...

Postagem "bença" maninha!

God bless you!


Microscopicamente (João 3.30),

Walter Filho

http://blogdowaltim.blogspot.com

Anderson Ribeiro disse...

Paz Andrea,Realmente a mudança não consistir apenas em palavras e promessas vãs Tipo: Amanha vai ser diferente, eu vou mudar se vai ver e chegar no outro dia começa td da msm forma e as vezes até pior .
"Mudança é uma necessidade e não apenas uma opção "
Não podemos remendar a nossa vida é necessário começar td de novo.
Not Religion
Paz e até +

Andrea Moraes disse...

Amém Anderson.
.Agradeço a visita de tds..
Deus abençoe a cada um de uma forma sobrenatural..
Paz

Ezequiel Domingues dos Santos disse...

Num certo tempo da minha vida, as tentações o qul me entregava me pertubavam, quando li em Hebreus sobre "lutar até o sangue contra o pecado" pensei- nem que morra mas enfrentarei de frente a ilusão do deleite na iniquidade.
Belo texto e super edificante !
Deus abençoe
Ezequiel

http://www.ezequiel-domingues.blogspot.com.br/

Crista neando disse...

Ótimo post, que Deus nos ajude a mudar nossos maus hábitos e desenvolver nossas virtudes, Deus a abençoe.

Osvaldino Monteiro disse...

Excelente irmã. Gostei desse post.
Outra boa maneira de acabarmos com os maus hábitos é substituí-los por bons hábitos.
Aguardo sua visita em http://edifiquese.blogspot.com.br/
Um abraço.